Ásia

publicidade
07 de abril de 2013 • 14h58 • atualizado às 15h06

Irã pede que duas Coreias evitem ações de provocação

Cachorro militar norte-coreanos ataca boneco com a foto do Ministro de Defesa da Coreia do Sul Kim Kwan-Jin
Foto: Reuters
 

O Irã pediu neste domingo, às partes implicadas no conflito da península de Coreia, que se abstenham de "qualquer ação de provocação que possa exacerbar a situação", em uma declaração do porta-voz do Ministerio das Relações Exteriores, Ramin Mehmanparast.

O porta-voz da diplomacia da República Islâmica, um país que mantém boas relações com a Coreia do Norte e tem a Coreia do Sul como um dos principais clientes de seu petróleo, fez "uma chamada para o estabelecimento da paz e a estabilidade no mundo".

"O Irã é contra qualquer movimento ilógico que possa desencadear um conflito nessa região", disse Mehmanparast, que pediu a "todas as partes que demonstrem paciência e tratem de resolver o assunto com medidas pacíficas e o diálogo".

<a data-cke-saved-href="http://noticias.terra.com.br/mundo/infograficos/tensao-na-coreia/iframe.htm" href="http://noticias.terra.com.br/mundo/infograficos/tensao-na-coreia/iframe.htm">veja o infográfico</a>
EFE