0

Indonésios fogem depois de 3ª erupção do vulcão Sinabung

2 set 2010
23h02
atualizado em 3/9/2010 às 06h31
  • separator
  • comentários

A terceira erupção em uma semana do vulcão Monte Sinabung, que permaneceu inativo nos últimos 400 anos, foi até agora a mais violenta e fez com que milhares de indonésios voltassem nessa quinta-feira aos refúgios no norte da ilha de Sumatra, informou o Centro de Vulcanologia da Indonésia. A erupção foi sentida em um raio de até 8 Km.

"Nesta sexta-feira, o vulcão entrou em erupção às 4h38 (18h38 de Brasília, quinta-feira) e durante 13 minutos lançou ao ar uma coluna de cinzas a mais de 3 mil metros. É a maior erupção registrada desde que entrou em atividade no domingo", afirmou o vulcanologista Agus Budianto. Desde quinta-feira à tarde, os cientistas registravam um intenso movimento de magma dentro do vulcão, segundo Budianto.

No domingo e na segunda-feira desta semana, o Monte Sinabung entrou em erupção o que obrigou a evacuação de cerca de 30 mil habitantes, queimou florestas e campos de cultivo e cobriu a área com uma espessa camada de cinza.

Muitos voltaram a seus lares nos dias seguintes, apesar do Centro de Vulcanologia manter o alerta. Alguns moradores disseram que esta terceira erupção foi a mais violenta até o momento.

Especialistas foram surpreendidos pela erupção do monte Sinabung, já que a última explosão tinha acontecido em 1600. Com o Sinabung, a Indonésia tem agora 69 vulcões em atividade.

EFE   

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade