1 evento ao vivo

Homem mais velho do mundo morre aos 116 anos no Japão

11 jun 2013
22h16
atualizado em 12/6/2013 às 01h02
  • separator
  • comentários

O homem mais velho do mundo na atualidade, o japonês Jiroemon Kimura, de 116 anos, faleceu nesta terça-feira de causas naturais, anunciou a imprensa local. No dia de seu aniversário, em abril passado, Kimura foi homenageado pela prefeitura de sua cidade, Kyotango (oeste do Japão), uma inscrição no livro Guinness dos Recordes e as felicitações do primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe.

Jiroemon Kimura sorri após ser reconhecido pelo Guinness como o homem mais velho do mundo, em 15 de outubro de 2012
Jiroemon Kimura sorri após ser reconhecido pelo Guinness como o homem mais velho do mundo, em 15 de outubro de 2012
Foto: AP

"O povo do Japão está orgulhoso de você", disse-lhe o premiê na ocasião. Kimura era o mais velho do mundo - entre os homens e entre as mulheres.

Nascido em 19 de abril 1897, Kimura trabalhou no serviço de correios japonês durante 40 anos e, depois de se aposentar, dedicou-se à agricultura até os 90 anos. Kimura deixa sete filhos, 14 netos, 25 bisnetos e 14 tataranetos.

Ele não fumava e comia apenas até preencher quatro quintos do estômago, "nada mais", disse um funcionário dessa cidade de 60 mil habitantes, onde ele vivia. Ele passava a maior parte do tempo na cama, e bebia álcool - "de maneira razoável", acrescentou a fonte. Seu lema era "comer pouco e viver muito", ainda segundo o funcionário.

Em Kyotango, vivem pelo menos 100 idosos já centenários, o que levou a prefeitura a iniciar um estudo sobre seus hábitos alimentares. O objetivo é tentar compreender as razões de sua longevidade.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade