0

Filipinas: com potencial para ser o mais forte do ano, tufão gera alerta

11 ago 2013
05h52
atualizado às 06h01
  • separator
  • 0
  • comentários

O serviço meteorológico das Filipinas elevou neste domingo o alerta no nordeste do país por causa da chegada ao arquipélago do tufão Utor, que viaja com ventos sustentados de 150 km/h e rajadas de até 180 km/h.

A Administração Filipina de Serviços Atmosférico, Geofísico e Astronômico (PAGASA) indicou em seu último boletim que o Utor tocará terra na madrugada da segunda-feira e emitiu o alerta máximo nas províncias de Aurora, Catanduanes, Camarines Sul, Camarines Norte, Isabela e partes da de Quezón, todas elas no litoral do Pacífico.

O diretor da agência meteorológica, Vicente Malano, advertiu aos jornalistas que Labuyo, como os filipinos batizaram o tufão, "é a tempestade mais forte que tocará terra este ano", segundo o jornal local "Inquirer".

Entre 15 e 20 tufões visitam as Filipinas todos os anos durante a estação das chuvas, que começa em maio ou junho e acaba em novembro, ou se prolonga até dezembro, como ocorreu em 2012 com "Bopha", que causou mais de 1.000 mortos, 850 desaparecidos e seis milhões de afetados.

EFE   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade