0

Explosão acidental em casa de comandante talibã mata 6

19 jul 2013
05h25
atualizado às 05h33
  • separator
  • comentários

A explosão acidental de uma bomba na residência de um comandante talibã na província de Paktika, no leste do Afeganistão, provocou a morte de uma mulher e cinco crianças, informou nesta sexta-feira o porta-voz do governo local, Mukhlis Afghan, à agência afegã AIP.

Segundo a fonte, a explosão ocorreu na noite de ontem no distrito de Mata Khan, na casa do comandante talibã Abdullah, e deixou outra mulher ferida.

"Os companheiros de Abdullah fabricaram a bomba e a esconderam em sua casa. Planejavam colocá-la em uma estrada para abater agentes das forças de segurança, mas as crianças a encontraram", afirmou Afghan.

Depois de 12 anos da invasão americana, a qual propiciou a queda do regime fundamentalista talibã no Afeganistão, o conflito no país se encontra em um dos momentos mais sangrentos para os afegãos, uma violência que afeta principalmente os civis.

O número de civis mortos ou feridos foi situdo em 2.499 pessoas nos cinco primeiros meses de 2013, um aumento de 24% em relação ao mesmo período do último ano, segundo a missão civil da ONU no Afeganistão (Unama).

Segundo a Unama, a maior parte das vítimas civis, um 74%, provém de ações da insurgência talibã e de outros grupos opositores, e foram provocados principalmente pela detonação de artefatos explosivos, 41% do total.

Neste momento, o Afeganistão vive o processo de retirada das tropas internacionais, que deve ser concluíndo em 2014 de acordo com os prazos previstos pelas autoridades internacionais.

EFE   

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade