1 evento ao vivo

EUA pedem moderação à Coreia do Norte após lançamento de mísseis

18 mai 2013
16h04
atualizado às 16h32

Os Estados Unidos manifestaram neste sábado que a Coreia do Norte deve agir com "moderação" após o lançamento de três mísseis de curto alcance por parte do regime de Pyongyang.

"Continuamos instando a Coreia do Norte a agir com moderação e a tomar medidas para melhorar a relação com seus vizinhos", indicou Darby Holladay, um porta-voz do Departamento de Estado dos EUA, citado pela emissora "ABC".

Segundo esse porta-voz, o Governo americano está "monitorando de perto" a situação na península coreana.

"Como é prática habitual, não fazemos comentários sobre assuntos de inteligência", finalizou Holladay.

O lançamento de hoje acontece em um momento no qual a Coreia do Norte reduzira suas ameaças recentes contra Washington e Seul.

Os projéteis de curto alcance foram lançados no Mar do Leste (Mar do Japão) em direção nordeste, segundo explicou o Ministério da Defesa sul-coreano.

"Embora seja necessária uma análise mais detalhada, os mísseis lançados podem ser mísseis antinavio modificados ou um KN-02 terra-terra, derivado do SS-21 da era soviética e que tem alcance de cerca de 120 quilômetros", precisou um porta-voz do Ministério da Defesa citado pela agência de notícias sul-coreana "Yonhap".

O último teste de Pyongyang com mísseis de curto alcance aconteceu há mais de dois meses e, embora fontes de Seul tenham apontado que a ação de hoje provavelmente foi um exercício militar rotineiro, as Forças Armadas sul-coreanas reforçaram a vigilância sobre as atividades militares do país vizinho.

Em abril, o líder norte-coreano, Kim Jong-un, ameaçou atacar Coreia do Sul, Japão, as ilhas de Guam, o Havaí e até mesmo a costa oeste do território continental americano, ao que Washington respondeu com o envio ao Pacífico ocidental dos destróieres McCain e Decatur e de um sofisticado sistema antimísseis.

EFE   
publicidade