0

EUA matam no Paquistão um dos principais líderes da Al-Qaeda

8 dez 2012
00h23
atualizado às 01h25

Um dos principais líderes da rede terrorista Al-Qaeda, Abu Zaid al Kuwaiti, morreu nesta sexta-feira em um ataque dos Estados Unidos com aviões não tripulados no Paquistão, informou a cadeia NBC.

Kuwaiti, que poderia ser o sucessor do atual chefe da Al-Qaeda, Ayman al-Zawahiri, foi assassinado enquanto fazia uma refeição na madrugada passada. Com 46 anos de idade, Kuwaiti era considerado um dos grandes líderes da rede terrorista que permaneceram à frente da organização após a morte de Osama bin Laden, em maio de 2011.

Um site ligado a Al-Qaeda mencionou a morte de Kuwaiti pedindo que Alá o admitisse "em seu paraíso". Nos últimos anos, Kuwaiti foi visto em vários vídeos da Al-Qaeda realizando treinamentos religiosos com grupos da rede e autorizou a publicação de vários livros sobre religião.

Os Estados Unidos mataram outros três altos membros da rede terrorista nos meses posteriores à morte de Bin Laden. Ilyas Kashmiri, o líder de um grupo paquistanês associado com a Al-Qaeda, foi assassinado em 3 de junho de 2011, Atiyah Abd al-Rahman, chefe de pessoal de Bin Laden, foi morto em 22 de agosto do mesmo ano, e Ayman al-Awlaki, cidadão americano que foi um líder da Al-Qaeda na Península Arábica, foi assassinado em 30 de setembro de 2012.

EFE   

compartilhe

publicidade