1 evento ao vivo

Três chineses são mortos e um desaparece no Afeganistão

10 ago 2013
08h40
atualizado às 09h42
  • separator
  • 0
  • comentários

A embaixada da China em Cabul informou que três chineses foram assassinados no que teria sido um ataque premeditado contra pessoas dessa nacionalidade em Cabul. O ataque aconteceu na quinta-feira em um edifício de Cabul e "parece que tinha como alvo cidadãos chineses", disse a embaixada em um breve comunicado divulgado neste sábado pela agência oficial chinesa Xinhua. Na nota, não é detalhada a identidade nem o trabalho das vítimas.

"A embaixada pede urgência ao governo afegão para que tome todas as medidas necessárias para investigar o crime, prender os criminosos e garantir a segurança dos cidadãos e das instituições da China no Afeganistão", diz o comunicado.

A embaixada tinha dito que dois chineses estavam desaparecidos, mas a agência de notícias estatal chinesa Xinhua mais tarde disse que um foi encontrado e levado para um lugar seguro. Uma busca pela outra pessoa desaparecida estava em curso.

A China mantém fortes investimentos e realiza diversos programas econômicos no Afeganistão. O projeto mais importante se localiza na mina de cobre de Aynak, na província de Logar, ao sul de Cabul, onde trabalham mais de 100 operários chineses.

EFE   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade