5 eventos ao vivo

Diretor do Google morre no Everest, após terremoto no Nepal

A morte de Dan Fredinburg foi confirmada pela irmã nas redes sociais

26 abr 2015
02h14
atualizado às 14h39
  • separator
  • 0
  • comentários

O diretor do Google Dan Fredinburg morreu no Everest quando fazia escalada. O acidente foi consequência de uma avalanche causada pelo terremoto de 7,8 graus que sacudiu o Nepal, informou neste sábado a empresa.

A morte do executivo foi confirmada pela irmã nas redes sociais
A morte do executivo foi confirmada pela irmã nas redes sociais
Foto: Istagram/Dan Fredingburg / Reprodução

 

Em comunicado, o Google se mostra "imensamente triste" ao divulgar o falecimento de Fredinburg, confirmado pela irmã do executivo, Megan.

Siga o Terra Notícias no Twitter

"Infelizmente perdemos um dos nossos nesta tragédia. Dan Fredinburg, membro da empresa da área de privacidade [no condado americano de] Mountain View. Estava no Nepal com outros três funcionários do Google fazendo escalada no monte Everest. Ele faleceu. Os outros três funcionários do Google estão seguros e estamos trabalhando para levá-los para casa rapidamente", acrescenta o comunicado.

O diretor da Google morreu em avalanche no Everest após terremoto
O diretor da Google morreu em avalanche no Everest após terremoto
Foto: Istagram/Dan Fredingburg / Reprodução

Megan Fredinburg confirmou pelo Instagram a morte de seu irmão.

"Lamento informar a todos os que gostavam dele que durante a avalanche no Everest esta manhã nosso Dan sofreu uma lesão na cabeça", escreveu.

Nas redes sociais, a vítima recebe carinho de seguidores
Nas redes sociais, a vítima recebe carinho de seguidores
Foto: Istagram/Dan Fredingburg / Reprodução


Sobre o terremoto
O terremoto de magnitude 7,8 que atingiu o Nepal neste sábado provocou quase duas mil mortes e muitos danos materiais, causando também uma avalanche que soterrou um acampamento de alpinistas no Everest. O tremor, que teve seu epicentro a cerca de 80 quilômetros de Catmandu, ocorreu por volta do meio-dia local (03h11 de Brasília) e durou entre 30 segundos e dois minutos.

Na capital nepalesa o terremoto derrubou edifícios, especialmente os antigos, incluídos templos e monumentos. A torre Dharahara, uma importante atração turística, se transformou em escombros.

Os efeitos do terremoto chegaram até as montanhas do Himalaia e também na Índia e na China, onde provocaram a queda de edifícios e a morte de dezenas de pessoas, de acordo com autoridades locais. Foram registradas pelo menos 16 réplicas entre 4,2 e 6,6 graus.

 

Grandes terremotos do século Grandes terremotos do século

EFE   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade