2 eventos ao vivo

Diplomata: China se sentiu "humilhada" por provocações da Coreia do Norte

26 mai 2013
01h25
atualizado às 03h24
  • separator
  • 0
  • comentários

O Governo chinês se sentiu "humilhado" pelas recentes provocações da Coreia do Norte, que incluíram o lançamento de um míssil de longo alcance e um teste nuclear, segundo um diplomata sul-coreano citado neste domingo pela agência Yonhap.

"A China se sentiu humilhada pelo contundente desafio da Coreia do Norte a seu pedido (de acabar com as provocações)", revelou a um grupo de jornalistas em Seul Kim Sook, o representante da Coreia do Sul na ONU, que explicou que isso era o que os diplomatas chineses tinham reconhecido "em privado".

O regime de Pyongyang realizou em dezembro passado o lançamento de um foguete de longo alcance e em fevereiro realizou seu terceiro teste nuclear.

Estas ações foram condenadas pela comunidade internacional, incluindo a China, o principal aliado da Coreia do Norte e levaram à aprovação de duas resoluções do Conselho de Segurança da ONU que ampliaram as sanções diplomáticas e econômicas sobre o país.

Apesar do mal-estar da China e seu apoio às sanções, o diplomata reconheceu, no entanto, que a postura de Pequim em relação a Pyongyang permanece praticamente sem mudanças.

EFE   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade