0

Coreias concordam em negociar sobre complexo industrial binacional

7 ago 2013
09h04
atualizado às 10h06
  • separator
  • 0
  • comentários

As Coreias do Norte e do Sul concordaram nesta quarta-feira em realizar novas negociações sobre seu parque industrial conjunto - e atualmente fechado - de Kaesong, depois que Pyongyang ofereceu o que foi classificado por Seul de propostas "prospectivas" de reabertura do complexo.

O acordo veio poucas horas depois de Seul anunciar que começaria a pagar indenizações às empresas sul-coreanas afastadas de Kaesong desde abril - um movimento encarado como o início de uma retirada definitiva.

As duas Coreias já realizaram seis rodadas de negociações infrutíferas com o objetivo de retomar as operações no complexo, e o Sul advertiu no domingo que estava "atingindo o limite" de sua paciência.

O principal ponto de discórdia tem sido a insistência do Sul de que o Norte forneça uma garantia de que não irá fechar Kaesong unilateralmente no futuro caso o complexo seja reaberto. Pyongyang barrou o acesso a Kaesong no início de abril, num momento em que as tensões na península coreana cresciam, e logo depois retirou toda a sua força de trabalho de 53 mil homens.

No que chamou de um gesto "ousado e generoso", o Comitê do Norte para a Reunificação Pacífica da Coreia (CPRK) emitiu nesta quarta-feira uma declaração prometendo total acesso a Kaesong e garantindo a futura entrada de seus funcionários e a segurança de todos os sul-coreanos que trabalham lá. Além disso, também afirmou que o Norte e o Sul devem garantir que as operações normais nunca mais sejam "afetadas por qualquer situação, em qualquer caso".

Ainda não se sabe se este comunicado irá satisfazer o Sul, que exigia uma garantia, mas Seul respondeu positivamente e concordou com a proposta do CPRK de uma sétima rodada de negociações no dia 14 de agosto.

"Consideramos que o Norte apresentou uma atitude prospectiva", disse o porta-voz do Ministério da Unificação, Kim Hyung-Suk. "Esperamos que este encontro seja capaz de resolver o problema de Kaesong e produza medidas destinadas a assegurar a normalização e desenvolvimento de Kaesong," disse Kim.

O complexo de Kaesong foi criado em 2004 como um símbolo raro da cooperação intercoreana.

<a data-cke-saved-href="http://noticias.terra.com.br/mundo/infograficos/tensao-na-coreia/iframe.htm" href="http://noticias.terra.com.br/mundo/infograficos/tensao-na-coreia/iframe.htm">veja o infográfico</a>
AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade