1 evento ao vivo

Coreias aceitam negociar reuniões na fronteira entre famílias separadas

22 ago 2013
04h05
atualizado às 08h32
  • separator
  • comentários

A Coreia do Norte aceitou, nesta quinta-feira, negociar com os vizinhos do Sul para que famílias separadas entre os dois países se reúnam em uma vila na fronteira. A informação foi divulgada por oficiais de Seul.

Após acordo que assegurou o funcionamento do parque industrial de Kaesong, localizado no limite entre as duas nações, os governos se mostram dispostos a novos gestos de conciliação. No começo do ano, testes nucleares realizados por Pyongyang reacenderam tensões entre os governos. 

O possível encontro entre famílias separadas está inicialmente previsto para a vila de Panmunjom, no território norte-coreano.  Entre 2000 e 2010, um projeto de cooperação entre os países permitiu que cerca de 22 mil pessoas se encontrassem com parentes do outro lado da fronteira. Nos últimos três anos, porém, as medidas foram canceladas. Diversas famílias foram separadas durante a Guerra da Coreia, entre 1950 e 1953.

<a data-cke-saved-href="http://noticias.terra.com.br/mundo/infograficos/tensao-na-coreia/iframe.htm" href="http://noticias.terra.com.br/mundo/infograficos/tensao-na-coreia/iframe.htm">veja o infográfico</a>

Com informações da AP

Fonte: Terra
  • separator
  • comentários
publicidade