1 evento ao vivo

Coreia do Norte lidera lista de perseguição aos cristãos

4 jan 2012
13h19
atualizado às 14h07
  • separator
  • comentários

A Coreia do Norte lidera, pela décima vez consecutiva, a lista de países que mais perseguem os cristãos, elaborada anualmente pela organização alemã Portas Abertas e apresentada nesta quarta-feira em Kelkheim, na Alemanha.

O Afeganistão ocupa o segundo lugar, seguido da Arábia Saudita e da Somália, segundo a lista. Na Coreia do Norte, de acordo com a Portas Abertas, os cristãos são tratados como inimigos do Estado e se estima que entre 50 mil e 70 mil deles estão em campos de trabalho forçado no país.

No Afeganistão, no entanto, houve uma melhora dez anos após o fim do regime talibã. A organização destacou que a situação dos cristãos piorou principalmente nas regiões onde o fundamentalismo islâmico ganhou influência, e que as transformações que estão ocorrendo no norte da África não representam uma esperança nesse sentido.

No Egito, por exemplo, a perseguição aos cristãos, segundo a organização, piorou após a queda do presidente Hosni Mubarak, com ataques a várias igrejas e constante agitação anticristã por radicais islâmicos.

Estimativas da Portas Abertas indicam que cerca de 100 milhões de pessoas no mundo sofrem perseguição por serem cristãs, além de viverem de forma clandestina em muitos países.

EFE   

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade