0

China: ponte cede, destrói caminhões e deixa ao menos 3 mortos

24 ago 2012
08h29
atualizado às 08h50

Uma parte de uma ponte inaugurada em novembro de 2011 na província de Heilongjiang, na China, desabou matando três pessoas e deixando outras cinco feridas. Segundo informações da agência de notícias

 Quatro caminhões ficaram destruídos e ao menos três pessoas morreram após a queda de uma ponte
Quatro caminhões ficaram destruídos e ao menos três pessoas morreram após a queda de uma ponte
Foto: AP

Xinhua

, quatro caminhões caíram no desabamento da ponte Yangmingtan, na cidade de Harbin. Cem metros da ponte desabaram.

Sun Qingde, uma autoridade do Comitê de Construções de Harbin, disse à Xinhua que a ponte "se inclinou para um lado e desabou no chão". A agência afirmou ainda que problemas na construção da ponte e excesso de carga foram as causas do colapso.

As autoridades chinesas afirmaram que vão investigar se os caminhões levavam carga em excesso. De acordo com o jornal People's Daily Online, as autoridades municipais de Harbin disseram que os caminhões levavam rochas.

A ponte, que atravessa o rio Songhua e tem 15,4 km de comprimento, foi inaugurada há nove meses e custou 1,88 bilhão de iuans (US$ 286 milhões ou cerca de R$ 578 milhões). Este é o sexto grande desabamento de pontes na China desde julho de 2011.

BBC News Brasil BBC News Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita da BBC News Brasil.
publicidade