1 evento ao vivo

Autoridades iemenitas frustram plano da Al Qaeda de tomar cidade do sul

7 ago 2013
09h49
atualizado às 10h03

As autoridades iemenitas frustaram vários planos da Al Qaeda para tomar o controle da cidade de Al Mukala, capital da província sulina de Hadramut, e atacar dois terminais de petróleo e um de gás, informou nesta quarta-feira à Agência Efe uma fonte governamental

O conselheiro de Informação da chefia do Governo, Rayeh Badi, explicou que os ataques ocorreriam entre domingo e segunda -feira.

Badi ressaltou que as medidas adotadas pelos EUA e o Reino Unido no país perante uma grande "ameaça terrorista" alertaram o Governo iemenita, que teve que intensificar a segurança, o que levou à descoberta dos planos.

Os dois terminais de petróleo, contra os quais os terroristas iriam atentar, ficam em Hadramut, junto ao mar Arábico, enquanto o de gás está localizado em Balhaf, na província vizinha de Shabua.

Essa é a usina mais importante de liquefação de gás natural para exportação do país

O anúncio ocorre depois que na madrugada pelo menos sete supostos membros da Al Qaeda morreram em um ataque de um avião não-tripulado dos EUA em Shabua, revelaram nesta quarta-feira à Agência Efe fontes dos serviços de segurança.

Ontem, o Ministério iemenita das Relações Exteriores assegurou que tinha tomado "todas as precauções necessárias" para garantir a segurança das legações diplomáticas, após o alerta mundial dos EUA sobre possíveis atentados terroristas.

Washington pediu na terça-feira a seus cidadãos que abandonassem o Iêmen imediatamente devido à grave ameaça terrorista neste país, enquanto Londres retirou de maneira temporária todo as pessoas de sua embaixada no estado árabe.

EFE   
publicidade