0

Apagão deixa mais de 300 milhões sem eletricidade no norte da Índia

30 jul 2012
05h25

Mais de 300 milhões de pessoas ficaram sem energia em quase todo o norte da Índia nesta segunda-feira, no pior apagão do país nas últimas décadas. Segundo o The Guardian , a luz acabou por volta das 2h locais (18h em Brasília) e não foi restabelecida durante toda a manhã e a maior parte do horário comercial.

Moradores reclamaram das condições precárias enfrentadas. "Não tive água para tomar banho, fiquei preso no trânsito por uma hora e meia e cheguei atrasado no trabalho", reclamou Keshav Stah, técnico de informática de 32 anos, residente em Délhi.

Durante o caos, autoridades procuraram priorizar o funcionamento de hospitais e do sistema de transportes, mas o serviço de metrô teve que ser interrompido. As primeiras regiões a recuperarem parte da energia foram Délhi e Uttar Pradesh, um estado com 200 milhões de habitantes - população maior que a do Brasil.

"Vamos investigar as causas e evitar que isso se repita no futuro", declarou Ram Nayak, diretor da companhia elétrica local. Estimativas mostram que a Índia tem um déficit de energia de cerca de 12% e 40% dos habitantes possuem eletricidade precária, com grandes prejuízos na emergente economia. O último apagão comparável, porém, ocorreu em 2001.

A luz acabou por volta das 2h locais (18h em Brasília)
A luz acabou por volta das 2h locais (18h em Brasília)
Foto: Reuters
Fonte: Terra

compartilhe

publicidade
publicidade