0

Adolescente tibetana ateia fogo ao corpo no oeste da China

10 dez 2012
02h43
atualizado às 03h04

Uma adolescente tibetana de 17 colocou fogo no corpo na oite passada na província chinesa de Qinghai, no oeste do país, o que aumenta para 23 o número de mortos neste tipo de protestos em cinco semanas, informou hoje a agência tibetana Phayul.

Segundo a Phayul, Bhenchen Kyi, de 17 anos, ateou fogo ao corpo na região de Tongren dessa província enquanto recitava palavras de ordem de "longa vida ao Dalai Lama" e "Que o povo tibetano prevaleça durante dezenas de milhares de anos".

A adolescente morreu por causa de seus ferimentos no lugar do incidente.

Segundo a agência, Kyi tinha anunciado já a alguns de seus colegas de sala de aula suas intenções, e tinha assegurado que cometeria o ato em uma área nômade e não no centro da cidade, para que as autoridades chinesas não levassem seu corpo.

EFE   

compartilhe

publicidade