4 eventos ao vivo

WikiLeaks: relatório afirma que Farc exploram urânio no Brasil

3 dez 2010
02h53
atualizado às 03h02

Entre as últimas revelações vindas à tona com os documentos divulgados pelo WikiLeaks está a de que as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) estariam explorando ilegalmente vários minerais, inclusive urânio, no norte do Brasil. O relatório informa, ainda, terem sido descobertas munições de urânio empobrecido em um armazém da organização.

As informações foram divulgadas na quinta-feira (2) pelo jornal espanhol El País , que está entre os cinco periódicos que tiveram acesso ao conteúdo recente do WikiLeaks.

Os dados relacionados ao Brasil aparecem em meio à notícia do jornal de que diplomatas dos Estados Unidos, segundo os documentos, confirmaram a presença de técnicos iranianos em uma mineração venezuelana e desconfiam das promessas de cooperação nuclear entre Irã e Bolívia.

Desde 2006, o Irã investiga o potencial da América Latina para obtenção de urânio, mais precisamente a Bolívia e a Venezuela, afirma o El País . Nos últimos três anos, os Estados Unidos estariam recebendo relatórios a respeito dessa possibilidade de extração do mineral.



info infográfico wikileaks julian assange perfil
info infográfico wikileaks julian assange perfil
Foto: AFP
Fonte: Redação Terra

compartilhe

publicidade
publicidade