2 eventos ao vivo

Unasul anuncia venda de avião militar para 2017

O avião se chamará 'Unasul I' e, em 2017, estará disponível para venda para os membros da organização

16 mai 2013
18h19
atualizado às 18h37
  • separator
  • comentários

A União de Nações Sul-Americanas (Unasul) anunciou que, até 2017, seu avião militar de treinamento estará pronto e disponível para venda, de acordo com o vice-ministro argentino da Defesa, Alfredo Waldo Forti. Ele participou da abertura da VIII Reunião da Instância Executiva do Conselho de Defesa dessa instituição regional.

"Avançou-se no tema, um esquema de trabalho foi estabelecido e aprovado pelos ministros. Todos os países que têm recursos próprios estão oferecendo-os para fabricar diferentes partes desse componente. É um avião de uso futuro", acrescentou o vice-ministro, citado pela agência de notícias estatal Andina .

O avião se chamará "Unasul I" e, em 2017, estará disponível para venda para os membros da organização. Os testes vão durar três anos, segundo o representante argentino, cujo país coordena o projeto por ser o autor da iniciativa.

"Trata-se de um avião de treinamento básico. Não é de combate, mas para treinar os pilotos (da Unasul) que iniciam sua capacitação como aviadores. Os países que pedirem poderão tê-lo como parte de sua frota", declarou o vice-ministro peruano da Defesa, Mario Sánchez.

O vice-ministro argentino disse que o custo do avião ainda não está determinado. Segundo ele, o aparelho, que se encontra na fase de projeto, terá 9,3 metros de envergadura. O principal modelo terá nove horas de autonomia de voo.

O assunto foi discutido no primeiro dia de reunião do Conselho de Defesa da Unasul, que conta com a participação de delegados dos 12 países integrantes do bloco. O encontro termina nesta sexta-feira.

Em abril passado, durante a Feira Internacional de Defesa e Segurança no Rio de Janeiro, a Unasul adotou o estatuto de criação do comitê consultivo que vai administrar e supervisionar a montagem do "Unasul I".

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade