0

Sobe para 2.707 o número de mortos por cólera no Haiti

27 dez 2010
15h16
atualizado às 21h56

Pelo menos 2.707 pessoas morreram no Haiti por causa da epidemia de cólera que atinge o país desde meados de outubro, segundo dados fornecidos nesta segunda-feira pelo Ministério da Saúde Pública e População (MSPP).

Garoto carrega balde de água potável em ponto de distribuição de organização francesa não-governamental
Garoto carrega balde de água potável em ponto de distribuição de organização francesa não-governamental
Foto: AFP

Um boletim do ministério datado de 18 de dezembro destacou ainda que 128.251 foram contaminadas pela doença e 68.764 chegaram a ser hospitalizadas.

A epidemia se estendeu aos dez departamentos haitianos, mas o principal atingido foi Artibonite, no noroeste, onde 813 pessoas morreram por causa da doença.

Além disso, 501 pessoas morreram no departamento Norte; 425 no Oeste, que inclui a capital, Porto Príncipe; 246 no Centro; 216 no Noroeste; 149 em Grand'Anse (Sudoeste); 120 no Nordeste; 100 no Sudeste; 93 no Sul e 44 em Nippes.

A doença, que atingiu a vizinha República Dominicana, onde 105 pessoas foram contaminadas, apareceu no Haiti na cidade de Mirebalais, no centro do país, em outubro.

Um estudo francês afirma que o surto se deu pelo vazamento de sedimentos fecais em um rio por soldados nepaleses da Missão das Nações Unidas para a Estabilização do Haiti (Minustah).

EFE   

compartilhe

publicidade