0

Raúl Castro é reeleito presidente de Cuba para os próximos 5 anos

Em seu último mandato, Raúl Castro deve continuar com as reformas iniciadas desde que sucedeu o irmão Fidel em 2006

24 fev 2013
19h07
atualizado às 20h09
  • separator
  • comentários

O general Raúl Castro, 81 anos, foi ratificado neste domingo como presidente de Cuba para um segundo mandato de cinco anos, que deve ser seu último período no governo, de acordo com a intenção do líder de limitar os cargos políticos a um máximo de 10 anos.

<p>O presidente cubano, Raúl Castro, foi reeleito hoje para seu último mandato</p>
O presidente cubano, Raúl Castro, foi reeleito hoje para seu último mandato
Foto: EFE

A Assembleia Nacional (Parlamento unicameral) reelegeu Castro para a Presidência do Conselho de Estado, segundo um comunicado da agência estatal Prensa Latina.

Também neste domingo, Miguel Díaz-Canel, 52 anos, foi eleito como primeiro vice-presidente, tornando-se o número dois do governo do general Raúl Castro. Díaz-Canel, um dos vice-presidentes do atual Conselho de Ministros, está substituindo no posto José Ramón Machado Ventura, de 82 anos e um dos personagens históricos da revolução cubana, que além disso é segundo secretário do governante Partido Comunista de Cuba (PCC).

A confirmação de Castro como presidente era previsível, embora o próprio líder cubano tenha feito esta semana desconcertantes declarações nas quais brincou com a possibilidade de renunciar dada sua avançada idade.

Fidel reaparece ao lado do irmão no parlamento cubano

Raúl Castro foi nomeado formalmente presidente de Cuba em fevereiro de 2008, dois anos após ter assumido de forma interina a direção do país ao substituir seu irmão Fidel Castro quando este adoeceu e delegou o poder em 2006.

Seu governo se dedicou a impulsionar um plano de reformas para "atualizar" o socialismo cubano e reanimar uma economia em crise desde a queda do bloco soviético.

O Parlamento cubano designou hoje também o restante dos 31 membros do Conselho de Estado - órgão que representa a Assembleia entre cada período de sessões - entre eles o primeiro vice-presidente, outros cinco vice-presidentes e um secretário. Além disso, os deputados elegeram Esteban Lazo como novo titular da Assembleia, cujo oitavo mandato foi constituído neste domingo para um mandato de cinco anos até 2018.

Presença de Fidel

Fidel Castro, de 86 anos e afastado do poder desde 2006 por problemas de saúde, participou da sessão de constituição do novo Parlamento. Segundo a agência oficial, ele foi fortemente aplaudido pelos políticos presentes à sessão.

 

 

EFE   

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade