2 eventos ao vivo

"Assunto Chile não está na agenda eleitoral", rebate Humala

13 abr 2011
21h37
atualizado às 21h41

O candidato à presidência do Peru Ollanta Humala afirmou nesta quarta-feira que suas declarações sobre o Chile não estão na agenda eleitoral. Humala disse que não está em sua agenda discutir se o Chile deveria pedir desculpas pela espionagem em terras peruanas e sobre a venda de armas ao Equador durante a Guerra do Pacífico, em 1879.

Candidato rebateu as críticas do Chile sobre suas declarações de que o vizinho devia pedir desculpas ao Peru
Candidato rebateu as críticas do Chile sobre suas declarações de que o vizinho devia pedir desculpas ao Peru
Foto: Reuters

"Isso já passou. Se foi a raiz da visita do presidente do Chile (Sebastián Piñera) no ano passado, não vejo a relação com a agenda eleitoral atual", afirmou ele à Radio Programas del Perú (RPP).

Humala respondeu às declaçaões do chanceler chileno, Rafael Moreno, após o mesmo não se pronunciar sobre a menção feita pelo candidato da Gana Peru durante a campanha. "Não queremos que países vizinhos se metam no processo eleitoral peruano", acrescentou Humala.

Fonte: Terra
publicidade