3 eventos ao vivo

PRI se proclama vencedor das eleições no México

1 jul 2012
23h59
atualizado em 2/7/2012 às 00h45

O presidente do Partido Revolucionário Institucional (PRI), Pedro Joaquín Coldwell, anunciou a vitória de seu candidato Enrique Peña Nieto nas eleições presidenciais do México, realizadas neste domingo, baseado nas pesquisas de boca de urna.

Coldwell disse em declarações aos jornalistas na sede do partido que "todas as pesquisas indicam uma tendência propícia e irreversível, mostrando que o vencedor da disputa democrática é Enrique Peña Nieto".

Segundo as pesquisas a boca de urna divulgadas no fechamento dos centros de votação, Peña Nieto obteve entre 40% e 42% dos votos, seguido do candidato esquerdista, Andrés Manuel Obrador, e da candidata do partido governante, Josefina Vázquez Mota. No entanto, Coldwell insistiu que "o único resultado oficial" será o que o presidente do Instituto Federal Eleitoral (IFE), Leonardo Valdés, divulgar.

Espera-se que antes desta meia-noite (horário local, 2h de Brasília) Valdés anuncie a contagem rápida que o IFE fez com os dados das atas de 7.597 mesas eleitorais das cerca de 143 mil que foram instaladas.

Essa amostra é elaborada com critérios estatísticos, e antecede os resultados provisórios do IFE, que se espera fiquem quase completados um dia depois das eleições.

No México não há segundo turno e é proclamado presidente eleito quem tiver o maior número de votos, à margem da diferença que obtiver sobre seu seguidor imediato.

Josefina, do conservador Partido Ação Nacional (PAN), já reconheceu que a tendência de voto não lhe favorece, enquanto a equipe de campanha de López Obrador e seu grupo político, o Partido da Revolução Democrática (PRD), guardam silêncio.

Pesquisas apontam o candidato Enrique Peña Nieto como vencedor
Pesquisas apontam o candidato Enrique Peña Nieto como vencedor
Foto: AFP
EFE   

compartilhe

publicidade