1 evento ao vivo

Presidentes da América do Sul confirmam presença em posse de Cartes

10 ago 2013
17h16
atualizado às 17h39
  • separator
  • 0
  • comentários

A presidente Dilma Rousseff e os chefes de Estado da Argentina, Uruguai, Chile e Peru confirmaram presença na cerimônia de posse do presidente eleito do Paraguai, Horacio Cartes, que será realizada nesta quinta-feira, dia 15 de agosto, informou à Agência Efe uma fonte oficial.

A última confirmação foi a da presidente da Argentina, Cristina Kirchner, que se soma as de Dilma, do peruano Ollanta Humala, do chileno Sebastián Piñera e do uruguaio Jose Mujica, segundo a equipe de coordenação de imprensa da comissão de transferência do comando presidencial.

Outro chefe de Estado que estará presente é Ma Ying-jeou, do Taiwan, país que concede grandes doações ao Paraguai e conta com seu apoio na ONU.

O príncipe Felipe, em representação da Espanha, também participará da cerimônia, que contará com a presença de uma centena de delegações de países e organismos internacionais, segundo a fonte.

Cartes, do Partido Colorado e vencedor das eleições de 21 de abril, assumirá um mandato de cinco anos na quinta-feira, dia em que também jurará seu gabinete de ministros.

O político sucedeu o liberal Federico Franco, que assumiu a presidência em junho de 2012, após a destituição de Fernando Lugo em um julgamento político no Legislativo motivado por mau desempenho de suas funções.

O Paraguai se encontra suspenso do Mercosul e da União de Nações Sul-Americanas desde 29 de junho de 2012, em punição pela "ruptura democrática" que segundo ambos os blocos representou a queda de Lugo.

Os dois organismos regionais anunciaram que a suspensão será retirada em 15 de agosto, quando Cartes assumir a presidência.

O chefe de Estado eleito não convidou para sua posse o presidente venezuelano, Nicolás Maduro, pois o Paraguai não reconhece a incorporação de seu país ao Mercosul.

EFE   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade