1 evento ao vivo

Número de mortos por cólera sobe para 1.648 no Haiti

26 nov 2010
20h37
atualizado às 21h07

O número de mortos no Haiti por causa da epidemia de cólera que o país enfrenta desde meados de outubro chegou a 1.648, segundo os últimos dados oferecidas nesta sexta-feira pelo Ministério da Saúde Pública e População (MSPP). Em relatório datado de 24 de novembro, o ministério informa que 72.017 pessoas contaminadas foram atendidas em hospitais do país.

Haitianos infectados pela cólera recebem atendimento médico em hospital improvisado de Porto Príncipe
Haitianos infectados pela cólera recebem atendimento médico em hospital improvisado de Porto Príncipe
Foto: Reuters

O departamento de Artibonite (norte), com 754 mortos, é o que mais sofreu desde o início da epidemia, seguido por Norte, com 264; Oeste, com 269 (146 deles na capital Porto Príncipe); Centro, com 167; Noroeste, com 154; e Nordeste, com 23. Houve ainda 12 mortes no departamento Sul, três em Grand Anse e duas no Sudeste.

A origem da epidemia no Haiti continua sendo desconhecida, embora testes realizados pelos Centros de Prevenção e Controle de doenças (CDC), em Atlanta (Estados Unidos) indiquem que o surto pode ter sido provocado por uma cepa igual a uma encontrada na Ásia meridional.

Setores políticos e sociais do país acusam soldados do Nepal da Missão da ONU para a Estabilização do Haiti (Minustah) pela origem da epidemia, pois eles teriam contaminado um afluente do rio Artibonite em sua passagem por Mirebalais, no leste do país.

EFE   
publicidade