0

No Dia contra a Homofobia, 6 cidades chilenas hasteiam bandeira arco-íris

17 mai 2013
14h34
atualizado às 14h53

Seis cidades chilenas hastearam nesta sexta-feira a bandeira arco-íris, símbolo do coletivo homossexual, no Dia Internacional contra a Homofobia e a Transfobia.

O ato central da jornada se desenvolveu na cidade de Independencia, no setor norte de Santiago, e contou com a presença do embaixador da União Europeia (UE) no Chile, Rafael Dochao.

"É uma atividade que busca ter impacto junto à opinião pública e é uma demonstração da mudança cultural que está ocorrendo. Hoje em dia, os municípios, que são a instância mais próxima dos cidadãos, têm também vocação de inclusão. Estamos muito contentes", disse à Agência Efe Rolando Jiménez, presidente do Movimento de Integração e Libertação Homossexual (Movilh).

Durante o ato também foi assinado um convênio de cooperação entre a UE e a cidade de Independencia.

"É um apoio técnico e financeiro ao Movilh, que nos permitirá expandir o conhecimento e ajudar a elaborar políticas públicas de não discriminação", assinalou Jiménez.

As outras cinco cidades que hastearam a bandeira arco-íris foram, na região metropolitana de Santiago, Providencia, La Reina e a própria capital chilena, assim como San Antonio, na região de Valparaíso, e Coquimbo, no norte do país.

O Dia Internacional contra a Homofobia e a Transfobia lembra quando em 1990 a Organização Mundial da Saúde (OMS) deixou de considerar o homossexualismo uma doença mental.

EFE   
publicidade