0

Ministra de Maduro ataca Capriles na TV: "vai ser preso, assassino"

24 abr 2013
01h49
atualizado às 02h06
  • separator
  • 0
  • comentários

Em rede nacional para toda a Venezuela, nesta terça-feira, a ministra de Assuntos Penitenciários do país, Iris Varela, apresentou acusações contra o líder opositor do governo, Henrique Capriles, a quem chamou de "assassino".

No discurso, Capriles foi apontado como o responsável por oito mortes em confrontos nas ruas nos dias seguintes à eleição presidencial, vencida por Nicolás Maduro, no último dia 14 de abril.

"Estou preparando a sua ficha e você será julgado por seus crimes, porque é um fascista e um assassino. Você é autor intelectual desses crimes e não vai sair impune. A única boa notícia é que você vai ser preso e não vai encontrar as mesmas celas que herdamos de 1998 (antes do início do mandato de Hugo Chávez)", declarou Varela.

A ministra retomou ainda uma provocação feita durante o período eleitoral pelo chefe de campanha de Maduro, que afirmou que Capriles deveria fazer um exame toxicológico por ser viciado em drogas.

"Não siga consumindo drogas porque isso está te levando para um mau caminho", disse, insinuando que Capriles deve procurar uma clínica de reabilitação.

Com informações do Terra Venezuela

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade