6 eventos ao vivo

Kirchner participará da cúpula de entrada da Venezuela no Mercosul

27 jul 2012
21h04
atualizado às 21h15

A presidente argentina, Cristina Kirchner, viajará na próxima segunda-feira a Brasília para participar no dia seguinte da cúpula extraordinária do Mercosul na qual se oficializará a entrada da Venezuela no bloco. "Estou muito contente" porque na reunião do Mercosul acontecerá "o ingresso formal da República Bolivariana da Venezuela" ao bloco, afirmou Cristina ontem à noite em breves declarações após um ato em homenagem a Eva Perón pelo 60º aniversário de sua morte.

A governante argentina partirá na noite da segunda-feira ao Brasil acompanhada pelo chanceler, Héctor Timerman, e pelo ministro do Planejamento, Julio de Vido, entre outros funcionários, detalharam os porta-vozes do governo.

Na cúpula do Mercosul realizada no último dia 29 de junho na cidade argentina de Mendoza, Cristina Kirchner estabeleceu junto com a presidente Dilma Rousseff e o presidente do Uruguai, José Mujica, a entrada oficial da Venezuela ao bloco para o próximo 31 de julho. Os chefes de Estado resolveram a incorporação da Venezuela como membro pleno depois de suspender o Paraguai do bloco em repúdio à cassação de Fernando Lugo da presidência do país.

A entrada da Venezuela ao Mercosul, solicitada por esse país há cinco anos, estava travada pela oposição do Senado paraguaio à sua incorporação.

EFE   
publicidade