0

Haitianos lincham 12 sob acusação de levar epidemia de cólera

2 dez 2010
21h43
atualizado às 21h57

Pelo menos 12 pessoas foram linchadas nos últimos dias no sudoeste do Haiti por grupos de cidadãos irados, que os acusavam de levar à região a epidemia de cólera, que já matou mais de 1,8 mil pessoas até o momento, afirmou uma fonte policial.

"Uma dúzia de pessoas acusadas de levar a cólera para a região, que até agora não tinha a doença, foram assassinadas a facadas e pedradas, e seus corpos foram queimados na rua", indicou um inspetor da polícia haitiana contactado por telefone. O incidente ocorreu no departamento de Grand''Anse, no sudoeste do Haiti.

Desde a metade de outubro, quando foram registrados os primeiros casos de cólera, hospitais e clínicas no Haiti receberam mais de 80 mil pessoas afetadas pela epidemia, que deixa ao menos 1,8 mil mortos.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
publicidade