0

Guatemala declara alerta por tempestade tropical Agatha

29 mai 2010
17h30
atualizado às 20h32

O governo da Guatemala declarou neste sábado estado de alerta no país diante da proximidade da tempestade tropical Agatha, que já matou quatro pessoas e levou à remoção de centenas por causa da ameaça de grandes inundações.

Jovens correm para se abrigar da tempestade
Jovens correm para se abrigar da tempestade
Foto: AP

Agatha é a primeira tempestade batizada na temporada de 2010. Ela se formou neste sábado em águas do Oceano Pacífico e avança rumo à Guatemala, mas os alertas se estenderam a El Salvador e sul do México.

As chuvas provocaram o desmoronamento de um morro no município de Alomolonga, cerca de 200 kma oeste da capital guatemalteca, e causaram o soterramento da casa de uma família, onde estavam duas crianças.

O Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos informou que a tempestade se localiza 260 km a sudoeste do porto de San José de Guatemala, com ventos de 65 km/h. Segundo o relatório, poderá fortalecer-se nas próximas horas e chegar à terra no domingo.

Antes do anúncio, funcionários dos serviços de emergências da Guatemala já vinham alertando para o aumento no nível das águas e advertiram que a tempestade poderia causar inundações mais graves do que as anteriores. Isto ocorreria porque s cinzas lançadas pelo vulcão Pacaya, no sul da capital, bloquearam o sistema de drenagem.

Autoridades de El Salvador disseram neste sábado que nas próximas horas poderão elevar o nível de alerta e já começaram a tomar medidas de precaução.

Na Guatemala, cerca de 2 mil pessoas foram retiradas de suas casas por causa da erupção do vulcão, situado cerca de 40 km ao sul da capital. A erupção já deixou um morto.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.

compartilhe

publicidade
publicidade