1 evento ao vivo

Forte terremoto de magnitude 7,6 atinge a Costa Rica e mata 2

5 set 2012
11h54
atualizado às 15h41

Um forte terremoto de magnitude 7,6 atingiu a Costa Rica por volta das 11h40 (horário de Brasília) desta quarta-feira, segundo informações do Serviço Geológico dos Estados Unidos. Duas pessoas morreram durante o terremoto, uma delas em consequência de um ataque cardíaco, informou a Cruz Vermelha.

Pacientes do Hospital Calderon Guardia, em San Jose, precisaram evacuar o prédio depois do terremoto
Pacientes do Hospital Calderon Guardia, em San Jose, precisaram evacuar o prédio depois do terremoto
Foto: AFP

O porta-voz da Cruz Vermelha na Costa Rica, Freddy Roman, disse que não tinha detalhes sobre a morte da outra pessoa. Segundo a mídia local, seria um homem atingido por detritos.

Informações preliminares da agência norte-americana apontaram para uma magnitude de 7,9, dado ajustado em seguida. O epicentro está localizado a 40 km de profundidade na península de Nicoya, na costa do Pacífico, a 8 km da localidade de Samara, a cerca de 150 km da capital, San José. Até o momento, duas pessoas estão desaparecidas.

O Centro de Alerta de Tsunami do Pacífico imediatamente emitiu alertas para as costas da Costa Rica, Panamá, El Salvador, Honduras, México, Colômbia, Equador, Guatemala, Peru e Chile. Ainda há discussões sobre um possível alerta para o Havaí. Pouco mais de 30 minutos mais tarde, o alerta foi cancelado para a maioria dos países, com exceção de Costa Rica, Panamá e Nicarágua. Por volta das 14h (horário de Brasília), todos os alertas foram cancelados.

"Geólogos e oceanógrafos descartam o risco de tsunami na costa do país. Pedem calma aos seus habitantes", disse a presidente Laura Chinchilla em sua conta do Twitter. Ela se reuniu com a Comissão Nacional de Emergências (CNE) para avaliar a situação e coordenar os trabalhos.

Canais locais mostraram edifícios e estradas danificados no litoral do Pacífico. Moradores também enviaram à imprensa fotos de danos materiais e estradas com rachaduras.

Na capital, San José, o tremor foi sentido com força e provocou a evacuação de alguns prédios. Um correspondente da agência Reuters relatou que houve corte no fornecimento de energia e que alguns prédios balançaram.

A Marinha do Chile também havia emitido um alerta de tsunami, que também foi cancelado pouco mais de uma hora depois. "Existe alta probabilidade de que o terremoto provoque um tsunami", disse o Serviço Hidrográfico e Oceanográfico da Marinha do Chile em seu site após o tremor.

O último grande terremoto registrado na Costa Rica foi em 2009, com magnitude 6.1, e deixou 40 mortos, de acordo com o USGS.

Presidente confirma terremoto
A presidente da Costa Rica, Laura Chinchilla, confirmou que o terremoto que atingiu nesta quarta-feira o país foi de 7,6 graus na escala Richter e pediu calma à população.

"Pedimos tranquilidade. A partir de agora começamos a receber informes de danos na infraestrutura. Não há danos graves nem perda de vidas humanas reportados até agora", disse a presidente, que está reunida com autoridades do governo e a Comissão Nacional de Emergência (CNE).

Juan Segura, funcionário do Observatório Vulcanológico e Sismológico da Costa Rica (Ovsicori), disse que o terremoto ocorreu no oceano Pacífico a 20 quilômetros de Sámara, na província de Guanacaste, e a uma profundidade de 35 quilômetros. Esta cidade está localizada a cerca de 200 quilômetros de San José.

Segura disse que a magnitude do terremoto foi superior a sete graus e que até o momento foram registradas 25 réplicas com magnitudes superiores aos 3,4 graus.

Fontes da Cruz Vermelha e do Instituto Costarriquenho de Eletricidade confirmaram à Agência Efe que nas zonas próximas ao epicentro postes caíram e comunidades ficaram sem luz. Além disso, estradas e imóveis ficaram danificados.

O serviço de telefonia também foi afetado mas restabelecido algum tempo depois do tremor, assim como o abastecimento de água potável. Na capital, San José, o tremor foi sentido com força e provocou a evacuação de alguns prédios

O Serviço Geológico dos Estados Unidos indicou em seu site que a magnitude do sismo foi de 7,6 graus e emitiu um alerta de tsunami, que as autoridades costarriquenhas já descartaram.

Com informações de agências internacionais.

Fonte: Terra
publicidade