0

Farc querem garantias para participar de eleições na Colômbia

2 ago 2013
13h43
atualizado às 14h06
  • separator
  • 0
  • comentários

As Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) exigiram nesta sexta-feira garantias para que seus membros se candidatem a cargos políticos e tenham acesso à mídia e ao Conselho Eleitoral, caso cheguem de fato a um acordo de paz com o governo colombiano nas negociações de Havana.

"Trata-se de "garantir de maneira efetiva, real e material os direitos políticos de todos os membros das organizações guerrilheiras em rebelião contra o Estado", afirma um documento lido à imprensa pelo chefe da delegação das Farc, Ivan Marquez.

"Isso diz respeito, especialmente, ao reconhecimento e às garantias de participação política e social, incluindo o direito de eleger e ser eleito, de formar partidos políticos e movimentos sociais", acrescenta.

Os movimentos políticos que serão formados deverão ter "participação direta no Conselho Nacional Eleitoral com um representante" e "condições especiais de acesso à mídia impressa, ao rádio, à televisão e à internet, pelo tempo estabelecido no acordo final ", acrescentou.

Os membros da Farc também querem "garantias de segurança especiais" para "os novos movimentos políticos, seus líderes e militantes", disse Marquez. Além disso, os insurgentes reivindicaram apoio financeiro estatal para a nova organização política, que devem contar "com um financiamento adicional especial, equivalente a dez por cento do financiamento total do Estado", informou Marquez.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade