0

Família argentina exibe esqueleto que diz ser de um chupa-cabra

Esqueleto foi encontrado em um campo no norte da província de Santa Fé

2 set 2013
20h43
atualizado às 21h33
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
O esqueleto foi encontrado há dois anos e meio
O esqueleto foi encontrado há dois anos e meio
Foto: Télam / Reprodução

Uma família argentina exibe em sua casa o esqueleto de um animal, com presas e garras, que dizem pertencer a um chupa-cabra, o mítico ser que, diz a lenda, ataca outros animais em zonas rurais da América Latina, informou nesta segunda-feira a agência oficial Télam.

Os restos do suposto chupa-cabra causaram assombro e certo terror entre os moradores de Rosário, a 350 quilômetros de Buenos Aires, que foram ver de perto o animal.

O esqueleto foi encontrado há dois anos e meio em um campo da cidade de Vera, no norte da província de Santa Fé. As pessoas que viram o esqueleto garantem que é realmente parecido ao chupa-cabra de Porto Rico, país no qual foi visto pela primeira vez.

"Meu filho Ezequiel, que é transportador de fazenda, encontrou os ossos na estrada. Estava num poste e quando o trouxe causou uma impressão horrível em todos com sua pele dissecada e intacta", contou Stella Maris Fernández, a dona da casa.

O suposto chupa-cabra de Rosário tem orelhas em forma de folha, fossas nasais, garras com cinco dedos, cauda, a boca aberta com a dentadura completa, longas presas e pequenas enervações na parte superior da cabeça de formato oval.

"É o mais parecido com um ser extraterrestre que já vi em minha vida", afirmou Stella Maris, que levantou a possibilidade de o esqueleto ser estudado por alguma instituição científica que possa determinar a que tipo de espécie pertence.

Animais em agosto: jacaré ameaçado é esfolado em público no PA

Veja também:

A hipnotizante erupção do vulcão Piton de la Fournaise
EFE   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade