0

Ex-candidato denuncia que Venezuela financiou Humala no Peru

13 abr 2011
21h52
atualizado às 21h55

O ex-candidato presidencial da conservadora Aliança pelo Grande Câmbio, Pedro Pablo Kuczynski, terceiro colocado no primeiro turno, disse nesta quarta-feira que o candidato Ollanta Humala financiou sua campanha com dinheiro da Venezuela. "Tenho a informação de que sua campanha foi financiada em grande parte por dinheiro venezuelano. Todo isso do Brasil é uma distração. A verdadeira base vem de Caracas", afirmou à Radio Programas del Perú (RPP).

O ex-candidato Pedro Pablo Kuczynski acusou Humala de ter recebido dinheiro de Hugo Chávez para a campanha
O ex-candidato Pedro Pablo Kuczynski acusou Humala de ter recebido dinheiro de Hugo Chávez para a campanha
Foto: EFE

Kuczynski assegurou que "um (dos candidatos) teve sem dúvida nenhuma vínculos 'estreitíssimos' com Chávez (Hugo Chávez, presidente da Venezuela)", em clara alusão a Ollanta Humala, que venceu o primeiro turno da eleição presidencial com 31,7% dos votos válidos. "Observem o que se passa na Venezuela. Isso gera um grande temor de que pode ocorrer aqui futuramente", acrescentou ao comentar a queda da bolsa de Lima, que acumulou um retrocesso de mais de 9,5% nas últimas 48 horas.

Durante a campanha, Humala se distanciou de Chávez, a quem pediu para que não se metesse na eleição peruana, mas aceitou ser assessorado por brasileiros ligados ao Partido dos Trabalhadores (PT), do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Fonte: Terra
publicidade