2 eventos ao vivo

De sombreiro, papa Bento XVI surpreende e elogia mexicanos

26 mar 2012
06h13
atualizado às 08h02

"Agora entendo porque João Paulo II dizia 'me sinto Papa mexicano'", afirmou Bento XVI no domingo à noite, quando quebrou o protocolo e usou um sombreiro mexicano.

Quando se imaginava que o Papa não seria mais visto em público depois de ter concluído as atividades oficiais e que ele permaneceria no Colégio Miraflores da cidade de León, onde está hospedado, o Pontífice surpreendeu os fiéis.

As portas do colégio foram abertas e Bento XVI saiu e caminhou lentamente até um grupo de mariachis que cantava "México lindo e querido", enquanto uma jovem o presenteava com um sombreiro, que ele colocou na cabeça por alguns momentos para ouvir a música mexicana.

"Queridos amigos, muitas graças por este entusiasmo, sou muito feliz com vocês. Fiz muitas viagens e nunca havia sido recebido com tanto entusiasmo", afirmou o Papa em italiano.

"O México estará sempre em meu coração. Agora entendo porque João Paulo II dizia 'me sinto Papa mexicano'", completou o Pontífice, o que provocou os gritos de "Bento, irmão, já és mexicano!".

Ele fez uma referência ao seu antecessor, João Paulo II, que visitou o México cinco vezes e sempre reservou palavras carinhosas aos religiosos do país.

O Papa iniciou na sexta-feira sua primeira visita oficial ao México. Durante a estadia, celebrou uma missa campal para mais de 600 mil pessoas no domingo no estado de Guanajuato.

Na tarde desta segunda-feira, Bento XVI viajará para Cuba, a segunda e última etapa da visita à América Latina.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
publicidade