1 evento ao vivo

Danilo Medina é eleito presidente da República Dominicana

21 mai 2012
12h08
atualizado às 12h21

Apesar de o resultado da apuração estar praticamente encerrada, os dominicanos esperam nesta segunda-feira a proclamação oficial do presidente eleito Danilo Medina, depois de este ter obtido 51,24% dos votos na eleição de domingo, superando o candidato do partido da oposição, o social-democrata Hipolito Mejía (46,93%).

De acordo com o último boletim publicado no site da Junta Central Eleitoral (JCE), Medina, do Partido da Libertação Dominicana (PLD), recebeu 51,24% dos votos nas eleições, enquanto Mejía, do Partido Revolucionário Dominicano (PRD), obteve 46,93% dos votos, com 99,11% das urnas apuradas.

Ambos os candidatos disseram que esperariam até segunda-feira para se pronunciarem sobre os resultados finais, embora Medina tenha permanecido na liderança durante toda a apuração. "Apesar de a tendência ter sido a mesma desde o primeiro boletim, demos o exemplo e esperamos que o JCE declare o vencedor", disse Medina em sua conta no Twitter, ainda durante a madrugada, ao convocar seus partidários para celebrar na sede do partido.

Enquanto isso, Mejía expressou cautela quanto aos resultados divulgados até o momento. "Faltam votos para computar, eu quero esperar até a manhã de segunda-feira (...) e quero esperar para que (as atas de votação) cheguem aqui e que meus assessores tragam os seus registros para compará-los", disse Mejía em breves comentários à imprensa, também ao amanhecer, ao criticar o processo eleitoral.

O PRD chegou a proclamar Mejía como vencedor e assegurar que na segunda-feira apresentaria "relatórios com evidências das irregularidades" que ocorreram durante o processo eleitoral. Enquanto isso, o DLP declarou ter obtido uma "vitória esmagadora".

Medina, um economista de 60 anos, é o candidato do atual presidente Leonel Fernández, que já acumula três mandatos e cuja esposa, Margarita Cedeño, é a candidata oficial à vice-presidência.

Mejía, 71 anos, estimulou a vontade de mudança expressada pelos dominicanos para voltar à cadeira presidencial, que ocupou de 2000 a 2004, após derrotar o próprio Medina.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 

compartilhe

publicidade
publicidade