0

Cristina inaugura Centro Cultural Néstor Kirchner, o maior da América Latina

21 mai 2015
22h17
  • separator
  • comentários

A presidente da Argentina, Cristina Kirchner, inaugurou nesta quinta-feira o Centro Cultural Néstor Kirchner, o maior da América Latina, obra que demorou seis anos para ficar pronta e custou o triplo do previsto inicialmente.

Cristina afirmou estar "realmente emocionada" por dar sequência à construção do "centro cultural mais importante latino-americano", uma ideia de seu marido, o ex-presidente argentino Néstor Kirchner (2003-2007), falecido em 2010.

Em discurso feito no novo espaço e transmitido em rede nacional, a presidente destacou o investimento realizado pelas gestões kirchneristas na cultura nos últimos 12 anos.

A inauguração do centro cultural faz parte de uma série de eventos organizados pelo governo argentino para festejar mais um aniversário da Revolução de 25 de maio de 1910, fato histórico que marcou o início do processo que culminou com a independência do país, em 1816.

O 25 de maio também se constituiu como uma data importante para o kirchnerismo há 12 anos, quando Néstor tomou posse como presidente.

O centro inaugurado hoje tem 100 mil metros quadrados e pretende ser um espaço moderno, amplo e diverso para reunir em suas paredes as diversas manifestações artísticas, visuais e cênicas.

O trabalho de restauração do edifício, onde funcionava a sede do Correio Argentino, levou seis anos e custou US$ 275 milhões, quase o triplo dos US$ 103 milhões inicialmente orçados.

A reforma de uma das joias arquitetônicas de Buenos Aires incluiu a recuperação das quatro fachadas do prédio, a recuperação dos salões e a demolição de parte do interior do edifício.

Entre suas atrações mais importantes, o Centro Cultural Néstor Kirchner tem um teatro com capacidade para 1.750 pessoas. Além disso, conta com uma cúpula onde a cidade de Buenos Aires pode ser vista pelos visitantes.

EFE   

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade