0

Conheça os quatro candidatos à presidência do México

11 mai 2012
03h31
atualizado em 14/5/2012 às 11h57

No próximo dia 1º de julho, os mexicanos vão às urnas para escolher o sucessor do atual presidente, Felipe Calderón. O pleito, disputado por quatro candidatos, conta com um jovem favorito, dois franco atiradores e um desconhecido do eleitorado.

Os candidatos Peña Nieto, López Obrador, Josefina Vázquez Mota e Gabriel Quadri disputam a corrida mexicana
Os candidatos Peña Nieto, López Obrador, Josefina Vázquez Mota e Gabriel Quadri disputam a corrida mexicana
Foto: Terra

A má colocação da candidata governista Josefina Vázquez Mota nas pesquisas eleitorais não deixa de ser uma surpresa. Apesar de ter o apoio da máquina pública operada pelo presidente, as intenções de voto a colocam em empate técnico com o esquerdista Andrés Manuel López Obrador - 29% e 27%, respectivamente. Enrique Peña Nieto é o primeiro colocado disparado com 42%. Conheça os candidatos:

Enrique Peña Nieto
O fotogênico Enrique Peña Nieto, 45 anos, do Partido do Revolucionário Institucional (PRI) é o mais jovem dos candidatos. O ex-governador do Estado de México (2005 a 2011) é o favorito nas pesquisas, chegando à reta final de campanha no momento em que seu partido é maioria no congresso e governa em 20 entidades importantes do país. Ele tem 42% contra 29% da segunda colocada, a governista Josefina Vázquez Mota.

O favoritismo coloca o jovem político na mira dos demais candidatos. No debate do último dia 6 de maio, ele foi o preferido nos ataques dos adversários. Mas Peña Nieto é conhecido como um homem que se mantém inalterável diante das críticas. A firmeza é uma de suas principais marcas. No início deste ano, enfrentou problemas após reconhecer que teve dois filhos fora do casamento. Peña Nieto era casado com Mónica Pretelini, mãe de seus três filhos, e que viveu ao lado do político até morrer em consequência de um ataque epiléptico, em 2007.

Nascido em 20 de julho de 1966 em Atlacomulco, o advogado Peña Nieto é filiado ao partido desde 1999, quando entrou para a política. Elegeu-se deputado em 2003, época em que passou a presidir a Junta de Coordenação Política do Estado de México no Congresso. Dois anos depois, venceu as eleições para governador, assumindo o cargo em setembro de 2005.

Andrés Manuel López Obrador
O esquerdista Andrés Manuel López Obrador, 58 anos, do Partido da Revolução Democrática (PRD), é o único que participa do segundo pleito presidencial. Sempre polêmico, "El Peje", apelido pelo qual é conhecido em Tabasco, Estado onde nasceu, desperta admiradores ou críticas ferozes pelos lugares onde passa. Ainda assim, é considerado um dos políticos mais carismáticos dos últimos 20 anos. No momento, López Obrador está em um empate técnico em segundo com a governista Josefina Vázquez Mota.

Ele é fundador e atual presidente do PRD. Viveu o ponto mais alto da carreira em 2006 ao liderar as pesquisas na campanha presidencial contra o panista e atual presidente Felipe Calderón. Mas uma polarização do eleitorado e alguns erros de campanha foram cruciais para sua derrota por margem de apenas 0,56%. Atualmente adota uma postura mais leve para suavizar a sua imagem. Para amenizar os críticos, propôs o conceito de "República Amorosa", que busca reconciliar diversos setores..

Cientista político, López Obrador já foi governador do Estado de Tabasco, onde perdeu duas eleições em 1988 e 1994 antes de se tornar presidente nacional do PRD. Foi casado em duas oportunidades: a primeira com Beatriz Gutiérrez Müeller, mãe do seu primeiro filho. A segunda, com Rocío Beltrán Medina, que morreu em 2003, com quem teve três filhos.

Josefina Vázquez Mota
As fichas do Partido da Ação Nacional (PAN), do presidente Felipe Calderón, foram depositadas em Josefina Vázquez Mota. A governista é a primeira mulher a ocupar uma candidatura presidencial pelo PAN. Vázquez Mota foi a primeira mulher na história do México a ocupar a titularidade da Secretaria de Desenvolvimento Social, em 2006, no governo Vicente Fox. Com o prestígio, tornou-se secretária de Educação Pública na administração Calderón até se eleger deputada federal em 2009.

Além disso, Vázquez Mota venceu os candidatos Santiago Creel e Ernesto Cordero nas eleições internas do partido, realizadas em fevereiro. No entanto, a credibilidade política e o apoio do presidente não têm surtido efeito. Nas pesquisas de intenção de voto, ela aparece em empate técnico com o segundo colocado, o esquerdista López Obrador. Aos 58 anos, ela é casada com Sergio Ocampo Muñoz, com quem tem três filhos.

Gabriel Quadri
Antes de se tornar candidato presidencial pelo Partido Nueva Alianza (Panal), Gabriel Quadri, 57 anos, era um desconhecido para a maioria do eleitorado. Economista e ambientalista, o candidato centraliza suas ações de campanha na política ambiental. Quadri foi diretor do Centro de Estudos do Setor Privado para o Desenvolvimento Sustentável e fundou a empresa Sigea Carvão, dedicada a serviços ambientais.

Blogueiro ativo (ele escreve para o blog Verde a Sério), o político é um crítico atento aos problemas do país. Gabriel Quadri é casado com Thelma Lazcano, figura conhecida nos comícios do candidato, com quem tem três filhos. Um deles, Luciano, participa da campanha do pai como um dos coordenadores da equipe.

Fonte: Terra

compartilhe

publicidade