5 eventos ao vivo

Congresso Mundial de espíritas termina em Cuba

24 mar 2013
23h34
atualizado em 25/3/2013 às 00h00
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O 7º Congresso Espírita Mundial terminou neste domingo após três dias de exposições teóricas em Cuba, o país latino-americano com o maior número de associações de espíritas.

O congresso prestou homenagem ao falecido presidente venezuelano Hugo Chávez. O presidente da Federação Espírita de Havana, Enrique Alemany, afirmou que Chávez era "um grande espírita que desencarnou" e os participantes pediram "glória ao espírito de Chávez".

O primeiro-secretário do Conselho Espírita Internacional (CEI), o francês Charles Kemph, afirmou sua "satisfação" com a recepção dos cubanos às conferências e pela "excelente qualidade" das mesmas. Kemph antecipou que o próximo Congresso será em 2016, muito provavelmente em Lisboa.

Temas como a educação espiritual e a caridade na construção de um mundo de paz, a saúde mental e o espiritismo, a filosofia e a educação espírita e as obras de Allan Kardec (1804-1869), entre outros, foram debatidos no fórum que reuniu mais de mil médiuns e espíritas de 20 países.

O Conselho Espírita Internacional é uma organização que agrupa centenas de milhares de espíritas em mais de 30 países da América e Europa, e sua sede fica em Brasília.

Veja também:

O menino cego de 9 anos que dá aula em escola destruída pela guerra no Iêmen
EFE   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade