5 eventos ao vivo

Antes de iniciar mandato, Correa descarta nova reeleição

23 mai 2013
06h25
atualizado às 06h45
  • separator
  • 0
  • comentários

O presidente equatoriano, Rafael Correa, que na próxima sexta-feira iniciará um novo mandato de quatro anos, assegurou nesta quinta-feira que não se apresentará a uma nova reeleição e que acredita na formação de um novo quadro de governo capaz de dar continuidade, a partir de 2017, a sua "revolução cidadã".

Correa, que chegou ao poder em 2007, afirmou hoje em entrevista à uma televisão local que "seria um grande fracasso" para o movimento governista Aliança País, liderado por ele, terminar sua gestão em 2017 e não ser substituído.

"Todos nós somos necessários, mas ninguém é imprescindível", afirmou o líder equatoriano que alcançou sua reeleição após uma contundente vitória nas últimas eleições presidenciais do país, realizadas no dia 17 de fevereiro.

Além disso, Corrrea destacou a vitória que Aliança País alcançou nas eleições legislativas realizadas na mesma data e opinou que, com o controle do Parlamento, onde terá uma grande maioria, "está proibido decretar".

"Temos avançando muito, e o país já é totalmente diferente do que recebemos há seis anos, mas ainda temos que fazer muito", acrescentou o líder, que ressaltou que sua gestão "mudará as relações de poder" no país.

EFE   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade