1 evento ao vivo

Uruguai: governo diz que número de abortos diminuiu após descriminalização

Segundo o governo, os dados preliminares apontam entre 300 e 400 abortos por mês no país

26 mar 2013
21h21
atualizado às 21h31
  • separator
  • comentários

O Uruguai realiza por mês entre 300 e 400 abortos legais desde a promulgação, em outubro do ano passado, da lei que descriminalizou a prática até a 12ª semana de gestação. A informação foi divulgada pelo subsecretário de Saúde Pública, Leonel Briozzo, nesta terça-feira.

<p>Antes da aprovação da lei, o Uruguai registrava mais de 30 mil abortos por ano </p>
Antes da aprovação da lei, o Uruguai registrava mais de 30 mil abortos por ano
Foto: AP

Em entrevista à rádio Universal , Briozzo disse que, com esse número, o Uruguai chagaria a 4 mil abortos por ano, cifra inferior a estimativa anterior à aprovação da lei, de 33 mil. Na opinião dele, leis como a aprovada no ano passado “fazem com que diminua a quantidade de abortos”.

“A prática da despenalização diminui o número de abortos e abate a mortalidade materna, ou seja, faz com que o aborto seja seguro”, afirmou. Para ele, o referendo proposto pelo deputado nacionalista Pablo Abdala para consultar a população sobre o tema “não é a melhor forma de fixar o tema”.

Com informações do jornal El Observador.

Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade