0

Nova missão de paz da ONU em Mali tem início

1 jul 2013
11h13
atualizado às 11h21
  • separator
  • comentários

A nova missão da paz da ONU em Mali, a Minusma, entrou em operação oficialmente nesta segunda-feira para garantir a segurança e a estabilidade do país em crise, onde serão realizadas eleições presidenciais daqui a quatro semanas.

Comandada pelo general ruandês Jean-Bosco Kazura, a Minusma será composta até o fim do ano por 12.600 homens (militares e policiais) e terá como uma de suas funções garantir a segurança de Mali, especialmente da grande região norte, que representa dois terços do país.

Aproveitando um golpe de Estado militar em Bamaco, em 22 de março de 2012, esta região e as principais cidades do país - Gao, Timbuctu e Kidal - foram ocupadas durante os meses seguintes por grupos jihadistas e criminosos ligados à Al Qaeda.

Estes grupos foram praticamente expulsos de seus redutos depois da intervenção do exército francês, que apoiou a operação da força africana Misma, iniciada em 11 de janeiro e que continua até hoje.

Porém, pequenos grupos jihadistas continuam no país e recentemente cometeram atentados.

Um dos primeiros desafios da Minusma será garantir a segurança durante a realização das primeiras eleições presidenciais, em 28 de julho.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
  • separator
  • comentários
publicidade