0

Jornalista da 'Al Jazeera' é baleado em complexo de Kadafi

23 ago 2011
14h16
atualizado em 28/8/2011 às 13h36

Um jornalista da rede de notícias árabe Al Jazeera foi baleado dentro do complexo do líder líbio Muammar Kadafi, em Trípoli, informou a emissora nesta terça-feira. Não há informações sobre as origens dos tiros que feriram o jornalista.

INFO infográfico cronologia muammar kadafi
INFO infográfico cronologia muammar kadafi
Foto: AFP

Centenas de rebeldes invadiram o complexo do líder líbio, Muammar Kadafi, em Trípoli nesta terça-feira. Alguns insurgentes conseguiram inclusive penetrar no interior da residência do coronel, mas não encontraram pistas do coronel líbio e de seus filhos, informou o comandante da rebelião. "Bab al-Aziziya está sob nosso total controle agora. O coronel Kadafi e seus filhos não estão lá", afirmou o coronel Ahmed Omar Bani. "Ninguém sabe onde eles estão", acrescentou.

Líbia: da guerra entre Kadafi e rebeldes à batalha por Trípoli
Motivados pelos protestos que derrubaram os longevos presidentes da Tunísia e do Egito, os líbios começaram a sair às ruas das principais cidades do país em fevereiro para contestar o coronel Muammar Kadafi, no comando desde a revolução de 1969. Rapidamente, no entanto, os protestos evoluíram para uma guerra civil que cindiu a Líbia em batalhas pelo controle de cidades estratégicas de leste a oeste.

A violência dos confrontos gerou reação do Conselho de Segurança da ONU, que, após uma série de medidas simbólicas, aprovou uma polêmica intervenção internacional, atualmente liderada pela Otan, em nome da proteção dos civis. No dia 20 de agosto, após quase sete meses de combates, bombardeios, avanços e recuos, os rebeldes iniciaram a tomada de Trípoli, colocando Kadafi, seu governo e sua era em xeque.

Fonte: Terra

compartilhe

publicidade