0

Grupo de 5 ministros egípcios apresenta renúncia ao chefe de governo

1 jul 2013
10h22
atualizado às 10h32

Após os grandes protestos realizados no Egito para pedir a queda do presidente Mohammed Mursi e a convocação de eleições antecipadas, cinco ministros egípcios apresentaram sua renúncia ao chefe de governo, Hisham Qandil, informou à Agência Efe um dos demissionários.

Neste momento, os ministros estão na sede do Executivo para apresentar sua renúncia a Qandil e para pedir "a queda do regime" pois Mursi "não respondeu às reivindicações do povo que saiu às ruas nos protestos de 30 de junho".

EFE   
publicidade