1 evento ao vivo

Fortes chuvas deixam 20 mortos e 70 mil desabrigados no Sudão

10 ago 2013
16h52
atualizado às 17h25
  • separator
  • 0
  • comentários

Pelo menos 20 pessoas morreram e mais de 70 mil estão desabrigadas desde sexta-feira pelas torrenciais chuvas que castigaram a capital do Sudão, Cartum, e outras regiões vizinhas, informou neste sábado a Defesa Civil sudanesa.

O diretor desse departamento, o general Hashim Abdel Meyid, disse à imprensa que as chuvas atingiram principalmente Cartum e os estados vizinhos de Al Jazeera e do Nilo Branco, e em menor grau a região de Darfur, no oeste do país.

Além disso, advertiu que as intensas precipitações geraram grandes acumulações de água que nas próximas horas se deslocarão rumo à capital sudanesa, motivo pelo qual pediu aos moradores que adotem precauções para proteger suas vidas e suas propriedades.

Por sua parte, o diretor do governo de Um Beda, no oeste do estado de Cartum, Ahmed Ozman Hamza, afirmou em comunicado que as tempestades mataram dez pessoas, entre elas oito de uma mesma família, e derrubaram 2.828 casas nessa região.

Além disso, o governador da província do Leste do Nilo, no oriente do estado de Cartum, Emar Hamed Soliman, indicou em entrevista coletiva que as fortes chuvas destruíram nove mil casas em mais de 50 aldeias e que várias pessoas morreram.

No estado da Al Jazeera, as chuvas puseram abaixo 1.300 casas em 70 cidades e inundaram a estrada oriental que conduz a Cartum.

Os serviços de meteorologia previram mais precipitações para os próximos dias e a Defesa Civil lançou chamadas na televisão e na rádio para que as pessoas tomem precauções.

O escritório da ONU para Assuntos Humanitários no Sudão informou na semana passada que as anteriores fortes chuvas causaram a morte de 11 pessoas e deixaram mais de 100 mil desabrigados.

EFE   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade