0

Explosão na fronteira de Egito e Faixa de Gaza mata 5

9 ago 2013
16h46
atualizado às 16h56
  • separator
  • 0
  • comentários

Uma explosão matou pelo menos cinco supostos terroristas nesta sexta-feira em Rapah, uma cidade na fronteira entre o Egito e a Faixa de Gaza, na península do Sinai, informou a agência de notícias egípcia Mena. Uma plataforma, que estaria preparada para lançar foguetes contra Israel, foi destruída na explosão, disseram testemunhas.

O porta-voz do exército egípcio, coronel Ahmed Ali, explicou que em torno de 16h15 (hora local, 14h15 GMT) foram ouvidas duas explosões na região de Al Agra, a apenas três quilômetros da fronteira. Unidades militares estão inspecionando a área para determinar as causas do ocorrido.

Ontem, o aeroporto da cidade israelense de Eilat, situado no extremo sul do país, entre Egito e Jordânia, foi fechado durante duas horas por causa de um alerta de segurança.

O exército israelense não revelou o tipo de ameaça de segurança que fez tomarem a decisão de fechar o aeroporto, apesar de Eilat ter sido atacada no passado com foguetes lançados a partir do Sinai egípcio e do território jordaniano.

Nos últimos meses, a Península do Sinai se transformou em um foco de instabilidade e cenário de ataques contra as forças de segurança e os gasodutos, assim como de atos de contrabando e sequestros.

Exército e polícia egípcios começaram em 30 de junho uma série de operações contra grupos armados no Sinai, que coincidiram com os grandes protestos contra o então presidente do Egito, o islamita Mohammed Mursi, derrubado por um golpe militar em 3 de julho.

EFE   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade