1 evento ao vivo

Egito diz que declarações de Obama encorajam grupos armados

15 ago 2013
20h31
atualizado às 20h40
  • separator
  • comentários

A presidência do Egito disse que as declarações do presidente norte-americano, Barack Obama, condenando a repressão a manifestantes islâmicos, não eram baseadas em "fatos" e irão reforçar e encorajar grupos violentos. A avaliação foi divulgada em comunicado na sexta-feira (horário local).

O documento diz que o Egito enfrenta "atos terroristas", em referência aos recentes ataques contra igrejas e prédios do governo pelos quais o país do norte da África acusa os partidários do presidente deposto, o islâmico Mohamed Mursi.

Forças de segurança mataram centenas de seguidores de Mursi na quarta-feira enquanto dispersavam manifestantes.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • comentários
publicidade