1 evento ao vivo

Egito: confrontos no Cairo deixam ao menos 9 mortos

23 jul 2013
06h46
atualizado às 07h55
  • separator
  • 0
  • comentários

O Ministério da Saúde do Egito informou que pelo menos nove pessoas morreram e 86 ficaram feridas nos distúrbios que ocorreram no Cairo nesta terça-feira e ontem. O porta-voz do ministério, Khaled Khatib, citado pela agência de notícias estatal Mena, disse que o maior número de vítimas foi registrado nas imediações da praça Renascimento, onde seis pessoas morreram e 33 ficaram feridas.

A Irmandade Muçulmana anunciou anteriormente que cinco partidários do deposto presidente Mohammed Mursi perderam a vida na praça durante um ataque policial. No entanto, uma fonte do serviço de segurança disse à agência EFE que nesse local só ocorreram choques entre os manifestantes islamitas e moradores do bairro.

Khatib acrescentou que as outras mortes aconteceram ontem nos distúrbios gerados durante manifestações dos seguidores de Mursi nas proximidades da Praça Tahrir e em Qaliub, ao norte da capital, onde 44 pessoas ficaram feridos.

O porta-voz afirmou ainda que nove pessoas ficaram feridas em enfrentamentos em frente a uma delegacia no distrito cairota de Cidade Nasser, onde, segundo a Irmandade Muçulmana, dois manifestantes islamitas morreram.

O Egito se encontra dividido entre partidários e opositores de Mursi, que foi deposto em 3 de julho pelo Exército, após os grandes protestos de dias anteriores, que pediam eleições presidenciais antecipadas.

EFE   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade