0

Ao menos 20 mortos em ataque contra shopping de Nairóbi

21 set 2013
13h52
atualizado às 15h23

Ao menos 20 pessoas morreram e 50 ficaram feridas neste sábado em um ataque cometido por homens armados em um centro comercial de Nairóbi, onde tomaram clientes do local como reféns, informou a Cruz Vermelha do Quênia.

"Posso dizer que o novo balanço é de 20 mortos e 50 feridos", declarou à AFP um funcionário da Cruz Vermelha, Abbas Gullet, no local do incidente.

Segundo uma fonte de segurança, policiais e soldados quenianos conseguiram isolar e encurralar os sobreviventes do grupo armado.

"Os criminosos foram isolados e estão encurralados em uma área em um dos andares. O resto do shopping parece estar seguro", afirmou a fonte à AFP no local.

Um grupo armado e encapuzado invadiu neste sábado o centro comercial Westgate Mall, um dos mais luxuosos de Nairóbi, cuja clientela é formada principalmente por quenianos ricos e estrangeiros.

Os criminosos dispararam e lançaram granadas contra os clientes - africanos, indianos e ocidentais - e contra os funcionários do shopping.

Unidades de elite do exército queniano foram mobilizadas para reforçar as forças policiais no local e ajudar na retirada dos clientes e funcionários do centro comercial, que era sobrevoado por helicópteros.

Os criminosos, que ainda não tiveram sua identidade divulgada, mas que falam em árabe ou somali, segundo testemunhas, invadiram ao meio-dia o centro comercial Westgate Mall.

Muito movimentado nos fins de semana, o local é citado regularemente como possível alvo de grupos relacionados à Al-Qaeda, como os insurgentes somalis shebab.

Este tipo de ataque é algo que nunca havia ocorrido na capital queniana e pode ser o atentado mais sangrento desde o ataque suicida da Al-Qalda de 1998, que teve como alvo em agosto daquele ano a embaixada americana em Nairóbi e que deixou mais de 200 mortos.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 

compartilhe

publicidade