0

Lula vai a churrasco suíno e pede calma com gripe suína

15 jul 2009
18h17
atualizado em 16/7/2009 às 11h29

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva participou nesta quarta-feira de um churrasco à base de carne de porco e pediu que a população não entre em pânico com o crescimento de casos de gripe suína no Brasil e com as quatro mortes de pessoas infectadas pelo vírus H1N1.

"Vocês comeram a carne suína hoje. Queria dar o mesmo conselho que dei quando vim aqui por causa da gripe aviária", brincou o presidente após o almoço promovido pela Embrapa. "É preciso que a gente trate com muita responsabilidade a questão da gripe, da Influenza, para que a gente não coloque pânico nas pessoas. Nunca parei de comer carne de porco verão que o meu feijãozinho todo dia tem uma costela."

"(A gripe) É uma coisa séria, é. Tem pessoas que morreram porque tinha problemas. Da gripe normal morre 70 mil pessoas por ano no Brasil", declarou Lula. "A pessoa tem uma fragilidade qualquer, vem a gripe e a pessoa morre. Peço a vocês que a gente trabalhe com mais carinho essa questão para não assustar a sociedade indevidamente e não deixar de informar corretamente para que as pessoas não cometam erro por falta de informação."

Veja também:

Fonte: Redação Terra
publicidade